Dieta Ortomolecular → Para Emagrecer – Cardápio Completo

5

Várias dietas são destinadas para o bem-estar e saúde das pessoas interessadas que, ainda sem ter um objetivo estético, desejam colaborar para seu organismo ao consumir alimentos mais benéficos, assim como acontece com a dieta ortomolecular.

Dietas da dieta ortomolecular

A dieta ortomolecular serve para corrigir os excessos de vitaminas e minerais no organismo, além de suprir o déficit, permitindo equilibrar o corpo para obter somente as substâncias diárias necessárias, contribuindo para a redução de radicais livres e melhorando consequentemente o bem-estar e disposição de uma pessoa.

O intuito das dietas que fazem parte da dieta ortomolecular é minimizar o consumo de itens industrializados, eliminando as toxinas e permitindo cultivar uma alimentação saudável.

Cardápio da dieta ortomolecular

Não há um cardápio fixo para as pessoas que desejam apostar na dieta ortomolecular, com diversas opções que podem ser utilizadas em diferentes momentos do dia, oferecendo todas as substâncias e nutrientes necessários para o corpo, saúde e bem-estar.

O café da manhã da dieta ortomolecular pode variar entre uma fruta com baixo índice glicêmico (pera, maçã, goiaba), juntamente com uma fatia de pão de forma integral, uma fatia de queijo cottage, meia colher de sobremesa de geleia de frutas zero açúcar e meia xícara de chá verde sem açúcar. Outra possibilidade para o mesmo período do dia é o consumo de omelete com duas claras e uma gema preparado com salsa, junto com uma taça de frutas de baixo índice glicêmico picadas e um suco de laranja-lima natural e uma xícara de chá verde sem adoçar.

Já o lanche da tarde da dieta ortomolecular inclui o consumo de uma fruta e dez unidades de nuts, variando para um copo de suco antioxidante (preparado com frutas, cenoura e gengibre).

O cardápio do almoço é bastante completo, sendo a primeira opção de consumo um prato de salada de folhas verdes, legumes crus ralados, três colheres de sopa de arroz integral, duas colheres de sopa de soja e três colheres de sopa de couve-flor refogada. Outra opção é o consumo de um filé de frango com ervas, junto com um prato de salada de folhas verdes. Ainda há a terceira opção de um prato de salada de folhas verdes com um prato de carpaccio de carne e uma fatia de pão de centeio.

Para o lanche da tarde, pode-se manter as mesmas opções do lanche da manhã.

Já o jantar da dieta ortomolecular inclui o consumo de um prato de sopa de agrião juntamente com um filé pequeno de alcatra grelhada e um caqui como sobremesa. Outra possibilidade é o consumo de um prato de pesto de manjericão, um prato de legumes refogados e, de sobremesa, meia banana assada com canela.

Como fazer a dieta ortomolecular?

Ao realizar a dieta ortomolecular, deve-se priorizar o consumo de água durante todos os momentos do dia, hidratando o organismo com, em média, 3 litros diários ingeridos.

Evite alimentos industrializados, visando livrar-se de toxinas e radicais livres.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, media: 5,00 de 5)
Loading...