Dieta dos Pontos → Tabela Completa da Dieta dos Pontos

60
Dieta dos Pontos
Dieta dos Pontos

A dieta dos pontos é uma das mais populares e tradicionais para as pessoas que desejam emagrecer, tornando-se um dos métodos mais fáceis e flexíveis para aqueles que não desejam retirar determinados tipos de alimentos do cardápio, mas estão dispostos a aderir aos hábitos saudáveis que podem disponibilizar alguns quilos a menos na balança.

Dietas da dieta dos pontos

Não há uma dieta dos pontos fixa, sendo que o cardápio, assim como os alimentos contidos no dia-a-dia de uma pessoa que está engajada com este tipo de alimentação, é bastante flexível, permitindo movimentar o modelo seguido todos os dias, baseando-se em pontos.

Determinada pontuação é indicada para grupos ou alimentos específicos, assim a pessoa que está na dieta não pode ultrapassar uma certa quantidade de pontos por dia, podendo ingerir, dentro dela, qualquer tipo de alimento, somando seus pontos e controlando a ingestão por meio deles como forma de restringir o consumo de calorias.

A principal vantagem destas dietas dá-se para pessoas que não desejam abandonar alguns alimentos e não querem realizar sacrifícios em sua alimentação, deixando de ingerir o que mais gosta, tornando-se uma opção menos radical para quem deseja perder peso.

Cada ponto no cardápio equivale à 3,6 calorias e o limite diário deve ser estipulado de acordo com o objetivo individual, ou seja, uma pessoa que deseja emagrecer um quilo por semana poderá ingerir a média de 1200 calorias, equivalente à 320 pontos.

Dieta dos pontos

Cardápio da dieta dos pontos

Não há um cardápio fixo da dieta dos pontos, podendo ingerir sem preocupações alimentos como ervas, especiarias, gelatinas diet, refrigerantes sem açúcar, molho de tomate, vinagrete, acelga, agrião, aipo, alface, alho-poró, almeirão, aspargo, chicória, couve, erva-doce, endívia, escarola, espinafre, jiló, mostarda, pepino, nabo, rabanete, repolho, rúcula, salsão e tomate, pois estes não contam pontos.

Em suma, verduras e legumes, contam 10 pontos por porções de duas colheres de sopa, incluindo abobrinha, berinjela, beterraba, broto de feijão, brócolis, cenoura, chuchu, palmito, vagem, etc.

Carnes magras como almôndega de frango, almôndega de carne, carne moída, carne seca, frango empanado, hambúrguer bovino ou de frango, dentre outros, contam média de 23 até 45 pontos somente. Picanha apresenta 100 pontos.

Grãos, cereais e raízes podem variar entre 10 pontos a colher de sopa (arroz branco, arroz integral, grão de bico, etc) à 80 pontos (batata frita).

Como fazer a dieta dos pontos

A dieta dos pontos pode ser feita ao montar seu próprio cardápio, ou utilizar alguns já estabelecidos, mantendo mais ou menos metade da quantidade dos pontos diários voltados para os carboidratos, estes que são mais calóricos, enquanto as proteínas diárias devem somar aproximadamente 35-50 pontos e as gorduras cerca de 95 pontos, porém atentando-se aos produtos que possuem gordura embutida.

Para fazer a dieta dos pontos, deve-se anotar tudo o que comeu, somando os pontos, para ter uma ideia do que deve-se consumir e o que ainda tem direito para suprir necessidades diárias, considerando temperos e frituras, que devem ser multiplicadas em pontos por 3 ou 4 dependendo do alimento. Dê maior preferência às saladas e separe as refeições em intervalos de 3 em 3 horas, evitando o consumo de líquidos durante as refeições.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, media: 5,00 de 5)
Loading...